03 julho, 2014

Resenha: As Vantagens de Ser Invisível

TÍTULO: As Vantagens de Ser Invisível
TÍTULO ORIGINAL: The Perks of Being a Wallflower
AUTOR: Stephen Chbosky
EDITORA: Rocco
PÁGINAS: 224
Minha Avaliação:


Cartas mais íntimas que um diário, estranhamente únicas, hilárias e devastadoras - são apenas através delas que Charlie compartilha todo o seu mundinho com o leitor. Enveredando pelo universo dos primeiros encontros, dramas familiares, novos amigos, sexo, drogas e daquela música perfeita que nos faz sentir infinito, o roteirista Stephen Chbosky lança luz sobre o amadurecimento no ambiente da escola, um local por vezes opressor e sinônimo de ameaça. Uma leitura que deixa visível os problemas e crises próprios da juventude.

Antes de ler As Vantagens de Ser Invisível eu sempre ouvi falar muito bem dele e também sempre quis ler. Mas confesso que acabei me decepcionando um pouco e foi por isso que dei a ele quatro estrelinhas. Mas
não estou dizendo que o livro é ruim, pelo contrário, o livro é realmente muito bom.

As Vantagens de Ser Invisível é o tipo de livro que nos faz pensar sobre a vida, sobre nosso cotidiano, o jeito como agimos, pensamos... E é o próprio protagonista que faz isso. Charlie já sofreu muito na vida, passou por coisas que a maioria das pessoas não passaria numa vida inteira e por causa disso ele é do jeito que é.

Como já mencionei antes, o livro me decepcionou um pouco. Isso aconteceu por causa do final, o autor deixa muitas lacunas sem serem preenchidas e apesar de ele apresentar o fato porque Charlie age daquela maneira isso não explica totalmente.

O autor apresenta no livro muitos assuntos bem polêmicos e um tanto pesados (gravidez na adolescência, homossexualismo, violência doméstica, drogas, bebidas...) e o modo como os personagens enfrentam essas situações é o que mais marca o leitor fazendo-o refletir sobre seu caráter.

Beijos e abraços
Laura Guimarães



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com sabedoria. Sem xingamentos, respeitando a opinião do outro, caso ache no texto um erro de gramática é só avisar.
"A bondade é o princípio do tato, e o respeito pelos outros é a primeira condição para saber viver."- Henri Frédéric Amiel
Beijos

© RM Desing - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tema Base: Butlariz.
imagem-logo