02 abril, 2014

Resenha: O Filho de Netuno

TÍTULO: O Filho de Netuno
TÍTULO ORIGINAL: The Son of Neptune
SÉRIE: Os Heróis do Olimpo
VOLUME:2
AUTOR: Rick Riordan
EDITORA: Intrínseca
PÁGINAS: 426



A vida de Percy Jackson é assim mesmo: uma grande bagunça de deuses e monstros, que na maioria das vezes, acaba em problemas. Filho de Poseidon, o deus do mar, um belo dia ele acorda de um longo sono e não sabe muito mais do que o seu próprio nome. Mesmo quando a loba Lupa lhe conta que ele é um semideus e o treina para lutar usando a caneta/espada que carrega no bolso, sua mente continua nebulosa. De alguma forma, Percy consegue chegar a um acampamento de semideuses, mas o lugar não o ajuda a recobrar qualquer lembrança. A única coisa que consegue recordar é outro nome: Annabeth.Com seus novos amigos, Hazel e Frank, Percy descobre que o deus da morte, Tânatos, está aprisionado e que Gaia pretende reunir um exército de gigantes para dominar o mundo e reescrever as regras da vida e da morte. Juntos, os três embarcam em uma missão aparentemente impossível rumo ao Alasca, uma terra além do controle dos deuses, para cumprir seus papéis na misteriosa Profecia dos Sete. Se falharem, as consequências, é claro, serão desastrosas.


ATENCÃO: POSSUI SPOILERS DA SAGA PERCY JACKSON E OS OLIMPIANOS E DO LIVRO O HEROI PERDIDO!

sinopse1:
Percy está confuso. Quando ele acordou de seu longo sono. ele não sabia muito mais que seu nome. De alguma forma, ele conseguiu chegar a um acampamento , mas ele não parece familiar. A única coisa de que ele consegue se lembrar de seu passado é outro nome: Annabeth.
Hazel deveria estar morta. Quando ela viveu, ela não viveu realmente. Agora, por causa de um erro que ela cometeu naquela época, o futuro do mundo está em risco. Hazel queria fugir de tudo isso no cavalo que aparece em seus sonhos.
Frank é desastrado. Sua avó diz que ele descende de heróis, mas ele não acredita. Seu físico avantajado o faz se sentir como um touro, especialmente em frente de Hazel, sua melhor amiga. Ele confia nela completamente – suficientemente para compartilhar o segredo que ele guarda mais próximo do coração.
sinopse 2:
A vida de Percy Jackson é assim mesmo: uma grande bagunça de deuses e monstros que, na maioria das vezes, acaba em problemas. Filho de Poseidon, o deus do mar, um belo dia Percy desperta sem memória e acaba em um acampamento de heróis que não reconhece. Agarrado à lembrança de uma garota, só tem uma certeza: os
dias de jornadas e batalhas não terminaram. Percy e seus novos colegas semideuses vão enfrentar os misteriosos desígnios da Profecia dos Sete. Se falharem, as consequências, é claro, serão desastrosas. Com início no “outro” acampamento meio-sangue e se estendendo para além das terras dos deuses, esta sequência da série Os Heróis do Olimpo apresenta novos semideuses e criaturas incríveis, além de trazer de volta alguns monstros bastante conhecidos.

MINHA OPINIÃO SOBRE O LIVRO:
Nunca imaginei que ficaria tão desesperada para ler o segundo volume de uma saga. O final de O Herói Perdido é totalmente enigmático o que nos deixa simplesmente desesperados (como disse antes) para ler a sequencia.
Enquanto Jason está no Acampamento Meio-Sangue, Percy está no acampamento Júpiter depois de muito tempo perdido lutando contra monstros terríveis com apenas um nome de que se lembrava: Annabeth (eu sei! que fofo né?). Após tanto tempo vagando Percy encontra uma velhinha e ela diz a ele para que ajude-a e é assim que ele vai parar no Acampamento Júpiter. O lugar é imenso, com uma pequena cidade, anfiteatro e diversas construções romanas. Percy não sabe o que, mas tem a intensa sensação de que não deveria estar ali. Mas chegar acompanhado da velha, Juno, a forma romana de Hera, chamou a atenção de todos. Aceito na 5ª Corte Percy percebe a hostilidade de Octavian, mas não pode fazer nada a não ser se adaptar. Assim que chegou foi recebido por Hazel e Frank. Ela é filha de Plutão/Hades e ao conhecer Nico irmão de Hazel que estava de passagem pelo Acampamento Percy tem certeza de que conhece ele de algum lugar, mas Hazel explica que Nico é uma história complicada e não pertence ao acampamento romano. Já Frank é desastrado e ainda não tinha sido reconhecido, sendo motivo de piada para todos. Porém quando Marte/Ares aparece no meio do Acampamento de armadura e tudo reconhecendo Frank e o mandando em uma missão as coisas mudam. Contra a vontade de Octavian, mas com a aprovação do Senado os três partem para o Alasca, território além dos controles dos deuses para encontrar a águia perdida do acampamento, a 12ª Legião Fulminata. Percy, Hazel e Frank, os três têm muitos segredos e um caminho duro pela frente. 

O livro é divertido, animado, e assim como O Herói Perdido (primeiro livro da saga) é narrado por três personagens diferentes sendo que a cada três capítulos muda-se o narrador.

Na minha opinião O Filho de Netuno é mais legal do que o Herói Perdido, porque 1) Percy faz parte da história; 2) Aprendemos mais sobre outra cultura muito importante na história que é a cultura romana e 3) porque achei simplesmente mais legal kk. Uma coisa muito interessante na cultura romana é que assim como o nome dos deuses gregos é outro, suas personalidades são associadas com os modos militares romanos. Em relação às atividades do Acampamento são bastante parecidas com o do Acampamento Meio-Sangue.
O leitura assim como os outros livros de Rick Riordan é fácil e nos prende desde o começo o que nos deixa muito curiosos para ler o próximo livro da saga. 
Vale a pena ler e comprar!

Beijos e abraços

Laura Guimarães










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com sabedoria. Sem xingamentos, respeitando a opinião do outro, caso ache no texto um erro de gramática é só avisar.
"A bondade é o princípio do tato, e o respeito pelos outros é a primeira condição para saber viver."- Henri Frédéric Amiel
Beijos

© RM Desing - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tema Base: Butlariz.
imagem-logo