25 abril, 2014

Resenha: Cidades de Papel

TÍTULO: Cidades de Papel
TÍTULO ORIGINAL: Cities of Paper
VOLUME: 1
AUTOR: John Green
EDITORA: Intrínseca
PÁGINAS: 361

Minha avaliação: 



Quentin Jacobsen tem uma paixão platônica pela magnífica vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman. Até que em um cinco de maio que poderia ter sido outro dia qualquer, ela invade sua vida pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita. Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola e então descobre que o paradeiro da sempre enigmática Margo é agora um mistério. No entanto, ele logo encontra pistas e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele achava que conhecia.
                                                               
Olá meus queridos leitores, tudo bem com vocês? Depois de ter realmente amado ler "A Culpa é das Estrelas" fui procurar outra obra de John Green para ler e acabei me deparando com a história de Quentin Jacobsen, um adolescente com uma paixão secreta por sua vizinha e colega de escola Margo Roth. 
A vida de Q (apelido para Quentin) poderia ter seguido do jeito que estava se não fosse por uma noite quando Margo aparece em sua janela, no meio da noite, camuflada e pronta para se vingar do mundo. Tudo o que ela precisava era da ajuda de Quentin. E do carro da mãe dele, é claro.
Com um histórico de sumiços repentinos, Margo não apareceu na escola no dia seguinte e nem nos outros. Seu paradeiro é um mistério e parece que apenas uma pessoa é capaz de encontrá-la (e, talvez, entendê-la): Quentin.
Com a ajuda de amigos mais que especiais, ele se lança em uma aventura com pistas tão complexas quanto a própria Margo, e quanto mais se aproxima
da garota por quem é apaixonado, mais percebe que ele não a conhecia.
O livro não foi exatamente o que eu esperava e na minha opinião, sinceramente, não vale muito a pena ler o livro.Porém, o livro é divertido,engraçado e com uma leitura fácil de compreender.
Achei o final totalmente decepcionante. Esperava mais de John.
Deixo vocês com mais uma resenha. Espero que tenham gostado.
Beijos e abraços

Laura Guimarães






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com sabedoria. Sem xingamentos, respeitando a opinião do outro, caso ache no texto um erro de gramática é só avisar.
"A bondade é o princípio do tato, e o respeito pelos outros é a primeira condição para saber viver."- Henri Frédéric Amiel
Beijos

© RM Desing - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tema Base: Butlariz.
imagem-logo