28 abril, 2014

Resenha: Cidade dos Anjos Caídos

TÍTULO: Cidades dos Anjos Caídos
TÍTULO ORIGINAL: City of Fallen Angels
SÉRIE: Instrumentos Mortais
VOLUME: 4
AUTOR: Cassandra Clare
EDITORA: Galera Record
PÁGINAS: 364
Minha Avaliação:



A guerra acabou e Caçadores de Sombras e integrantes do submundo parecem estar em paz. Clary está de volta a Nova York, treinando para usar seus poderes. Tudo parece bem, mas alguém está assassinando Caçadores e reacendendo as tensões entre os dois grupos, o que pode gerar uma segunda guerra sangrenta. Quando Jace começa a se afastar sem nenhuma explicação, Clary começa a desvendar um mistério que se tornará seu pior pesadelo.

ATENÇÃO: CONTÉM SPOILERS DOS LIVROS ANTERIORES!

Os últimos meses não foram fáceis para Clary. Demônios, um ex-caçador de sombras com jeito de supervilão — detalhe: seu pai —, um triângulo amoroso com o melhor amigo (a quem pode inadvertidamente ter ajudado a transformar em vampiro) e um conflito entre dimensões. Mas agora a guerra chegou ao fim, e ela voltou a Nova York para aperfeiçoar seus poderes e assistir ao casamento da mãe.
O melhor: finalmente pode chamar Jace de seu. Sem fantasmas ou dúvidas. O paraíso? Nem tanto. Apesar do sangue Nephilim que corre em suas veias as coisas não estão assim tão angelicais. Alguém está matando Caçadores de Sombras, e a tensão entre os habitantes do Submundo atinge níveis alarmantes. Uma segunda guerra parece cada vez mais provável.


E Clary não pode contar com Simon. Sua habilidade vampiresca singular — conseguir andar sob o sol — faz com que seja o aliado perfeito para os dois lados; e ele vai precisar se decidir logo... O Submundo não é conhecido pela paciência.
Mas o que preocupa Clary, na verdade, é que Jace resolve se afastar sem maiores explicações. O que a faz mergulhar num mistério cuja solução pode se revelar seu maior pesadelo: ela mesma provocar a terrível cadeia de eventos capaz de lhe roubar tudo que ama. Inclusive Jace.

O livro muda um pouco por ser narrado quase sempre no ponto de vista de Simon.O vampiro está tentando levar uma vida mais normal possível, já que é provavelmente o vampiro mais poderoso do mundo por causa da marca de caim que ele recebeu de Clary.
O desenvolvimento da história está mais aperfeiçoado que os livros anteriores mas não chega a ser melhor do que eles.
Quando você termina de ler Cidade de Vidro, o seu primeiro pensamente é: "Bem, agora eles vão ter um pouco de paz". Mas o leitor não poderia estar mais enganado. Valentim esta morto, mas e Sebastian? apesar de tudo, seu corpo nunca foi encontrado.
Já Clary e Jace, que finalmente podem ficar juntos, já que descobriram que não são irmãos,estão curtindo a vida de casal, e usando o tempo livre para treinar e aperfeiçoar os dons de Clary e suas habilidades em combate, com exaustivos treinos físicos, tendo Jace como seu instrutor. É claro que o treino acontece nos intervalos entre  beijos e amassos.
Gostei demais do livro assim como da série e com certeza vale a pena ler este livro assim como os outros livros da saga.
Beijos e abraços
Laura Guimarães





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com sabedoria. Sem xingamentos, respeitando a opinião do outro, caso ache no texto um erro de gramática é só avisar.
"A bondade é o princípio do tato, e o respeito pelos outros é a primeira condição para saber viver."- Henri Frédéric Amiel
Beijos

© RM Desing - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tema Base: Butlariz.
imagem-logo