28 abril, 2014

Resenha: Cidade das Cinzas

TÍTULO: Cidade das Cinzas
TÍTULO ORIGINAL: City of Ashes
SÉRIE: Instrumentos Mortais
VOLUME: 2
AUTOR: Cassandra Clare
EDITORA: Galera Record
PÁGINAS: 406
Minha Avaliação: 


No mundo dos Caçadores de Sombras, ninguém está seguro. E agora que Clary descobriu fazer parte do perigoso Submundo, sua vida nunca mais será a mesma. Jace, seu recém-descoberto irmão, está cada vez mais impossível, e não parece medir esforços para enfurecer a todos. E sua atitude de bad boy não ajuda em nada quando, após o roubo do segundo dos Instrumentos Mortais, a Inquisidora aparece no Instituto para interrogá-lo... Agora Jace é suspeito de ajudar o pai, o perverso Valentim, num plano que vai colocar em risco não só Idris ou o Submundo, mas toda a cidade de Nova York. E Clary não pode deixar de se perguntar: será que as ironias de Jace são só uma forma de chamar atenção, ou também pode haver uma traição por trás de tanto mistério?

ATENÇÃO: CONTÉM SPOILERS DOS LIVROS ANTERIORES!



A única coisa que Clary queria era que sua vida voltasse a ser como era antes de conhecer o mundo dos caçadores de sombras. Mas infelizmente isso não pode acontecer.
Se Clary deixasse o mundo dos Caçadores de Sombras para trás, isso significaria mais tempo com o melhor amigo, Simon, que está se tornando mais do que só isso. Mas o mundo dos Caçadores não está disposto a abrir mão de Clary — especialmente o belo e irritante Jace, que por acaso ela descobriu ser seu irmão. E a única chance de salvar a mãe dos dois parece ser encontrar o perverso ex-Caçador de Sombras Valentim, que com certeza é louco, mau, i vilão da história e também... o pai de Clary e Jace.
Como se não fosse o bastante, alguém anda matando os integrantes do submundo na cidade de Nova York. Será que Valentim está por trás dessas mortes? E se sim, qual é o seu objetivo? Quando o segundo dos Instrumentos Mortais, a Espada da Alma, é roubada, a aterrorizante Inquisidora chega ao Instituto para investigar — e suas suspeitas caem diretamente sobre Jace. Como Clary e seus amigos caçadores de sombras podem impedir o temeroso e maligno Valentim?

Como Cidade das Cinzas é a continuação de Cidade dos Ossos, o livro contém vários momentos de explicação sobre coisas que aconteceram no livro anterior. Mas em momento algum o livro chega a ser cansativo, muito pelo contrário, achei o livro muito interessante.

Os personagens madureceram de certo modo, principalmente Simon e Clary. A protagonista não é mais tão insegura quanto no livro anterior, ela agora sabe o que faz e faz o que bem entende. E Simon tem mais atitude, não fica implorando o amor de Clary, ele simplesmente vai ao encontro dela e a beija.

O livro possui vários momentos bem tensos, mas Jace não perde a piada em muitos deles o deixa a leitura mais leve do que seria sem ele. Jace é um personagem único, sarcástico, lindo, perfeito... (será que gosto dele? haha) e que não deixa com que a gente fique mais de duas páginas sem dar risada de seus comentários sarcásticos.

Outro personagem que aparece na história é a Rainha Sellie, a rainha das fadas. Ela nos deixa muitas vezes com raiva e com vontade de jogá-la de um penhasco mas tem certas partes que simplesmente queremos abraçá-la e agradecer.

O livro tem um final, como todos os outros da saga, que eu nunca nem possibilitaria em imaginar. O desfecho não é tão chocante como o do primeiro livro mas ele nos deixa paralisados no lugar sem saber o que fazer.

Beijos e abraços
Laura Guimarães




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com sabedoria. Sem xingamentos, respeitando a opinião do outro, caso ache no texto um erro de gramática é só avisar.
"A bondade é o princípio do tato, e o respeito pelos outros é a primeira condição para saber viver."- Henri Frédéric Amiel
Beijos

© RM Desing - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tema Base: Butlariz.
imagem-logo